Notícia ótima!! OutroMundo recebeu apoio institucional de El Positivo, do México, de Noticias Positivas (N+), da Espanha, e de Sinergocios.Info, de Aguascalientes, no México. As alianças se dão em função de afinidade editorial, trabalhamos segundo o mesmo padrão cosmoético. Veja detalhes.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

O prazer de se conectar com a vida de nossas casas



Mais do que sentir aversão ao caos das ruas, mais do que reaprender o prazer de ficar em casa, a gente pode perceber como nossos lares são ninhos vibracionais vivos. Neles, há padrões de energia em comunicação que espelham nossa vibração pessoal e que podem, por sua vez, nos afetar diretamente.
Por isso, podemos apurar nossos instintos de apreciação e perceber o dom de nossa presença e o que ela faz em nossas casas, e também podemos exercer conscientemente uma série de ferramentas para harmonizar e “encantar” os ninhos onde vivemos.
O banheiro – só para dar um exemplo – não precisa ser um local apenas utilitário e neutro, meio à parte. Com alguns pequenos toques, ele pode se tornar aconchegante e alegre. Flores, conchas, cestinho com livros e revistas, etc., mudam completamente o astral.
Neste sentido, o livro “O Prazer de Ficar em Casa”, de Letícia Ferreira Braga, dá excelentes dicas mas vai bem além do feng shui. Tem belos insights e um modo profundo e holístico de ver a vida viva de nossas casas. A seguir, alguns trechos pra você conferir de perto.

"Diminua o ritmo.
Preste atenção aos detalhes.
Fique à vontade.
Você está em casa,

o lugar certo para deixar o corpo quieto,
a mente calma
e o coração tranquilo."

:: O espaço de uma casa tem de ser vivido por quem mora ali, e isso demanda tempo, não pode ser fabricado de uma hora para outra. Todos os que entram, saem, dormem, acordam, falam, andam, cantam, comem, brigam, riem, choram ou rezam, deixam ali um pouco da própria energia, que vai se acomodando no ambiente e passando a vibrar de maneira única.

:: É a combinação de tempo, espaço, vida e amor que transforma um lugar qualquer em um lugar especial. A nossa emoção responde ao ambiente que nos rodeia, nosso mundo interior se conecta com o exterior por meio dos nossos sentidos.

:: Casa organizada = nirvana doméstico. Tralha é um peso morto que nos custa caro em termos de espaço, finanças e paz de espírito”.
Quando estamos em casa, podemos nos dedicar a criar uma rotina mais suave para nós mesmos, aprender a desacelerar, rever escolhas, hábitos e prioridades. Precisamos da energia do ar e da luz para arejar as idéias e, mantendo as janelas abertas, podemos olhar para o céu, respirar fundo e abrir a janela que temos no meio do peito, deixando sair toda a opressão. Não importa se está chovendo, nem mesmo se há alguma vista – não enxergamos só com os olhos mas também com a mente. Como diz o ditado, a beleza está nos olhos de quem vê.

:: Assim como o dia começa quando acordamos, podemos começar a construir nosso ninho cuidando do espaço que nos embala todas as noites e onde abrimos os olhos todas as manhãs ...

:: Ter nossa própria casa é uma sorte e uma oportunidade de reencontrarmos a paz a que todos temos direito. Ao abrir a porta e entrar no espaço que nos é familiar, carregado com nossa energia, nosso cheiro, nossas escolhas, podemos encontrar refúgio e recobrar o equilíbrio soterrado pelo caos que se desenrola do lado de fora. O verdadeiro refúgio está no nosso coração, mas, quando perdemos o acesso, nossa casa pode funcionar como um mapa da mina, porque o ambiente que criamos é um reflexo de nós mesmos.

:: O estresse constante é o preço que pagamos pela vida urbana contemporânea, temperada pelas diferenças culturais, pela atmosfera de estímulo constante, pelo pluralismo de expressões ou simplesmente para ter acesso mais amplo a ensino, empregos e serviços...

As pessoas que voluntariamente resolvem simplificar a vida geralmente:

- limitam as posses materiais àquilo de que mais necessitam e gostam:
- trabalham no que gostam;
- encontram tempo para estar com a família e os amigos;
- praticam atividades de lazer criativas;
- buscam rotinas saudáveis de alimentação, exercícios e repouso;
- têm conexão com a natureza;
- comprometem-se com a comunidade em que vivem;
- fazem práticas de crescimento pessoal como ioga ou meditação;
- cultivam a espiritualidade;
- têm conexão com o belo no ambiente em que vivem;
- buscam uma relação consciente e confortável com o dinheiro;
- procuram viver em harmonia com valores éticos e integridade.

:: Somos seres complexos. Nossos cinco sentidos sofisticados nos permitem estar no mundo de uma maneira única. O segredo do aconchego é satisfazer esses sentidos oferecendo a eles a maior gama possível de estímulos agradáveis. Isso varia enormemente de pessoa para pessoa, mas uma coisa é certa: existe uma mágica na beleza à qual todos somos receptivos.


“O Prazer de Ficar em Casa”
Letícia Ferreira Braga
Editora Casa da Palavra


Um comentário:

  1. Totalmente verdadeiro esse texto. Em casa, temos a liberdade de SER. E é lá que todo e qualquer padrão de desarmonia nosso se manifesta inicialmente.
    Limpar a casa é limpar nossa alma.

    ResponderExcluir

edição e design

Coordenação, Edição e Design:
RICARDO MARTINS

http://ricardomartinsdesign.blogspot.com/
Editor do site ABSOLUTA e de sua Série Temática, do blog YINSIGHTS, do blog CROP CIRCLES, e moderador das comunidades 11:11, Eu Sonhei com Ondas Gigantes e Crop Circles/Terra Agora no Orkut.

Contatos: r.o.m@terra.com.br
Blog do editor: http://ricardomartins1111.blogspot.com/

Nossa comunidade no Orkut:
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=38549687

acompanhando a gente

mande seus amigos do orkut pro OutroMundo

vc chegou ao OutroMundo

Busque no OutroMundo

página monitorada/cite a fonte, ok?

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
Ocorreu um erro neste gadget

subinduuuuu....

voltar pro topo? preguiça de rolar tudo de novo?

clique aqui